segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Santa Maria.


HÁ alguns meses passei a entender melhor sobre este ato que se define em uma única palavra *Morte*
Lembro-me do desespero que ficava quando imaginava, meus entes queridos morrendo e nada se encaixava, ficava tentando descobrir culpados principalmente a Deus, porque tão cedo? Porque desta maneira?
A partir do momento que comecei a freqüentar a doutrina espírita passei a ter menos desespero não que isso signifique que eu aceite todas as circunstâncias, mas entendo de uma forma diferente já era o momento certo, o que eu sinto mais é pela rapidez não teve oportunidade de despedida de menos briga de viver sorrir mais, com menos preocupações aproveitar o dia a dia sem grandes controvérsias que muitas vezes nos deixam angriados, sobre a tragédia de santa Maria rogo pelas famílias que elas consigam achar o conforto que tanto necessitam é muito pedir para elas entendam de uma forma justa que era chegado a momento, claro lembrando que faça justiça para aqueles que causaram ao infringir as regras de segurança de um lugar fechado como aquele, tudo serve de aprendizado para melhorarmos sempre em um todo.

Aproveitando tem menos de duas semanas que um cliente morreu, foi um choque tão jovem aneurisma cerebral ele mesmo autorizou a cirurgia e morreu horas depois fiquei chocada como muitos, ontem  sonhei com ele feliz sorrindo, rezo para esteja bem e tb sua família.

Nenhum comentário:

Postar um comentário